quinta-feira, 19 de abril de 2018

ITACARAMBI: PROGRAMA CRIANÇA FELIZ REALIZA PALESTRA SOBRE SAÚDE BUCAL

O Programa CRIANÇA FELIZ, em parceria com a Clinica Odontológica ‘MARIS GUIA’’ realizaram na tarde desta quinta-feira (19/04) no prédio do Cras, uma palestra com o tema ORIENTAÇÃO EM SAÚDE BUCAL. As profissionais ensinaram as mães como escovar os dentes dos seus filhos menores de 5 anos. A Dentista, Ângela Taynah explicou para as convidadas os meios em que deve fazer logo nos primeiros meses de vida do bebe. Ela explicou que o motivo de criar o hábito de higiene bucal pode ser feito com jeito (sem perder a razão com castigos ou brigas desnecessárias) e até um pouco de carinho. Os pequenos precisam entender que é necessário escovar os dentes e cuidar da boca, afinal traz benefícios imediatos (sorrisos brancos e limpinhos, gosto bom na boca, hálito refrescante, prevenção de cáries, saúde da boca e do corpo como um todo). disse a Dra. Ângela.
A técnica em Saúde Bucal, Geiza Rosa, distribuiu escovas para os filhos das mães presentes. Na sequência, o Pastor Ismael, apresentou o teatro de boneco, trazendo entretenimentos para as crianças. Em seguida foi servido um café da tarde para todos.
Por Vailton Ferreira















Polícia Civil realiza operação para combater o furto de energia elétrica e ligações clandestinas

BH & Região/MG
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) realizaram, na manhã de hoje (18), uma operação para combater o furto de energia elétrica e ligações clandestinas. Ao todo, foram inspecionados 12 estabelecimentos comerciais, sendo que em dez desses foram constatadas irregularidades, além de oito pessoas responsáveis conduzidas.
A ação foi deflagrada em Belo Horizonte e nas cidades de Betim e Santa Luzia, na Região Metropolitana, nos locais mais reincidentes nessa prática criminosa. Nos diferentes alvos, que incluem franquias de rede de academias, padarias e casa de festa de renome, a PCMG constatou dois tipos de delitos, o desvio direto de energia – também conhecido como "gato" – e a adulteração nos medidores de energia. Conforme explica o Delegado que conduziu a operação, Daniel Buchmüller, no primeiro caso é tipificado o crime de furto mediante fraude, já pela adulteração no relógio, pode ser configurado estelionato.
"O que chama a atenção é a audácia dos responsáveis por esses estabelecimentos, que chegam a realizar ligações diretas que são ostensivamente visíveis a quem passa pelos locais", destacou o Delegado. "Por isso, com essa operação visamos coibir essas práticas criminosas e mostrar que isso tem punição", informou Buchmüller, adiantando que o furto qualificado mediante fraude tem pena prevista de um a cinco anos de prisão, enquanto que para o estelionato, de dois a oito anos.
O Delegado explicou, ainda, que enquanto no desvio de energia não há pagamento algum pelo serviço, na adulteração dos medidores a quantia final paga pelas empresas chega a ser de apenas um terço do valor devido. Na prática, isso chega a gerar um prejuízo de R$ 10 a R$ 20 mil.
O Coordenador de Operações da Superintendência de Investigação e Polícia Judiciária, Delegado Matheus Cobucci, ressaltou também o impacto desses delitos para o consumidor final. "São crimes que acabam repercutindo no consumidor idôneo, uma vez que a Cemig é obrigada a tarifar mais pelos serviços em função dessas irregularidades". Cobucci ainda informou que, atualmente, 14 mil estabelecimentos comerciais são telemonitorados pelo setor de inteligência da Cemig no sentido de prevenir fraudes desse gênero.
De acordo com informações da Cemig, o prejuízo anual de todas as ligações clandestinas chega a R$ 300 milhões. Os estabelecimentos inspecionados tiveram corte imediato de energia, e técnicos da Cemig já regularizaram as ligações, acrescentou o engenheiro de Planejamento de Sistema Elétrico da Cemig, Armando Rocha. 


Assessoria de Comunicação – PCMG

Foragido de operação no Norte de Minas é preso na zona rural de Montes Claros

Foragido da operação Blindado foi encontrado na zona rural de Montes Claros (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Um homem, de 31 anos, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (18) na zona rural de Montes Claros mediante mandado de prisão. De acordo com a Polícia Militar, ele é foragido da operação Blindado, realizada pelo Ministério Público e polícias Civil e Militar nessa terça (17), em combate a explosão de caixas eletrônicos no Norte de Minas.
O foragido foi encontrado em uma casa na comunidade Facela. No momento do abordagem ele não tentou fugir. A polícia chegou até o fugitivo por meio de levantamentos integrados entre as seções de inteligência; além dos militares, investigadores da Polícia Civil também participaram da captura.
O homem será levado para a delegacia de plantão. Os policiais fizeram buscas, mas não encontraram nada de ilícito com ele. As investigações sobre a participação dele nos crimes de explosão à caixas continuam pela Polícia Civil. Três pessoas suspeitas de atuação na quadrilha seguem foragidas.
Operação

A operação Blindado foi desencadeada para cumprir 42 mandados de busca e apreensão em Janaúba, Bocaiuva, Francisco Sá e Montes Claros; 20 pessoas foram presas. Segundo as investigações, o líder da organização criminosa comandava as ações de dentro do Presídio Regional de Montes Claros. Ele utilizava um telefone celular para dar instruções aos outros integrantes da quadrilha.(G1 GRANDE MINAS)

quarta-feira, 18 de abril de 2018

CONVITE EM HOMENAGEM AOS RAPAZES QUE MORRERAM NA TRAGÉDIA DO PORTO


Corpo de terceira vítima desaparecida no Rio São Francisco é encontrado em estado de decomposição

Corpo de jovem encontrado do Rio São Francisco (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
O corpo de Artur Pocidoneo foi encaminhado, por determinação da Polícia Civil, ao IML de Januária. De acordo com os bombeiros, a família deve fazer reconhecimento oficial do corpo até o fim da tarde desta terça.
Outro jovem que integrava o grupo, Mateus Cardoso, de 18 anos, segue desaparecido. O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas do corpo nesta tarde e deve retomá-las na manhã desta quarta-feira (18). “A partir das 6h30, três embarcações vão sair de Januária até a fronteira da Bahia, próximo a Carinhanha. Vamos percorrer quase 50 km de distância de onde eles desapareceram e nossa intenção é encontrá-lo o quanto antes”, afirma o sargento William Pereira.
Entenda o caso
Os quatro jovens desapareceram no Rio São Francisco quando tentavam atravessá-lo, em direção a cidade de Matias Cardoso, na tarde do domingo (15). Na embarcação estavam cinco pessoas; o condutor, um adolescente de 15 anos, conseguiu nadar e se salvar.

Na manhã desta terça-feira, dois corpos foram resgatados. Eles foram identificados como Cleber Rodrigues Almeida, de 18 anos, e Adenilson Almeida da Silva, de 20.
por g1 grande minas

Panela com água fervendo cai sobre criança que tem queimaduras de 2º grau

Resultado de imagem para foto de panela no fogão
Uma criança de quatro anos sofreu queimaduras de segundo grau após uma panela com água fervendo cair sobre ela, em Montes Claros. Segundo os bombeiros, as queimaduras foram no pescoço e no tórax.
Os pais disseram aos militares que o menino puxou o fogão, que estava sem um dos apoios, e a panela com água fervendo virou. A ocorrência foi registrada no Bairro Independência na manhã desta terça-feira (17).
A criança foi encaminhada para a Santa Casa e o estado de saúde dela é estável.
Confira dicas dos bombeiros para evitar queimaduras:
Ensine a criança a não puxar objetos, como toalha de mesa e fios;
Deixe cabos das panelas voltados para o lado interno do fogão;
Não deixe as crianças próximas ao fogão de churrasqueiras;
Converse sobre a segurança na cozinha;
Mantenha líquidos inflamáveis longe das crianças.
Por g1 grande minas.


Assaltantes fazem ‘arrastão’ em ônibus de estudantes na rodovia MGC-135, perto de Mirabela

Assaltantes atiraram contra o ônibus após o roubo (Foto: Associação de Alunos de Januária/Divulgação)
Um ônibus que leva diariamente estudantes universitários de Januária para Montes Claros, no Norte de Minas, foi assaltado na madrugada desta terça-feira (17) próximo a Mirabela, município que fica entre as duas cidades. De acordo com a Polícia Rodoviária Militar, quatro criminosos, armados, aproveitaram a desaceleração do veículo, provocada por um quebra-molas na MGC-135, para render o motorista e invadir o ônibus, que transportava cerca de 35 alunos da Associação de Transporte dos Estudantes de Januária.
Um motorista que faz a linha Januária-Montes Claros, que preferiu não se identificar, informou ao G1 que um dos criminosos usou uma espingarda polveira para ameaçar o grupo e que chegou a disparar a arma para amedrontar os alunos. O carro que o grupo usou para praticar o assalto, segundo o motorista do ônibus, ficou escondido em um matagal às margens da pista. Dois homens ficaram do lado de fora do veículo, enquanto um casal recolheu os pertences dos passageiros fazendo ameaças.
“Os bandidos falavam o tempo todo que iam matar os alunos, que se tivesse alguma polícia no ônibus eles iriam atirar. Depois de gritarem muito, ameaçarem o máximo que puderam, eles saíram e ainda atiraram contra os faróis do ônibus. Eu nunca tinha passado por isso, e foi a primeira vez que ouvi falar de coisas assim próximo a Mirabela”, conta o condutor.
A Polícia Rodoviária Militar de Mirabela informou que recebeu denúncias de vários estudantes, mas que o boletim de ocorrência não foi registrado até a tarde desta terça-feira; a polícia também não informou a quantidade de pertences roubados na ação. “Por conta do número grande de vítimas, ainda não conseguimos registrar tudo. O veículo foi para Januária e ainda não compareceu a Mirabela. De qualquer modo, estamos investigando e já temos suspeitas de que o grupo seja de pessoas conhecidas na região”, afirma o soldado Adriano Miler.

Por g1 grande minas.