Balsa afunda no porto de Manga

Com informação de Fernando Abreu
Segundo o site www.norticias.com.br a balsa Três Marias, chegada recentemente do estado da Bahia para realizar a travessia de veículos sobre o Rio São Francisco entre os municípios de Manga e Matias Cardoso, imergiu na madrugada desta terça-feira (20) quando estava atracada.
Ainda de acordo com o site a provável causa do acidente foi a má conservação da embarcação.
No momento do acidente não havia veículos e nem pessoas na balsa, evitando assim, uma tragédia.
Conforme o jornalista Luis Cláudio Guedes (www.luisclaudioguedes.com.br) em reportagem sobre a publicação do edital de concorrência pública para a escolha dos novos concessionários ou consórcio de empresas responsáveis pela exploração e administração para a travessia do Rio São Francisco por meio de balsas entre os dois municípios, "...a travessia é uma verdadeira terra de ninguém há pelo menos 50 anos, período em que serviu à sanha de empresários gananciosos, que cobram caro pela prestação de serviços que o consumidor sempre avaliou como de péssima qualidade. Sem falar no escandaloso negócio de compra e venda das embarcações, quase sempre com lucros extraordinários."
Dados da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais - Setop, mostram que cerca de 400 mil veículos, em 11 categorias, utilizam a travessia anualmente, com demanda extra de 160 mil passageiros a pé ou de bicicleta. O serviço é considerado de “inerente essencialidade e indispensabilidade em sua prestação, ante a inexistência de rotas alternativas de acesso entre as localidades, por isso deve ser prestado de forma ininterrupta e contínua”.