Suspeito de matar esposa e tentar matar sogra é preso em Montes Claros

foto: reprodução Inter TV Grande Minas
Do G1 Grande MinasCEBOOK
Foi preso na manhã desta segunda-feira (26), o taxista José Adilson Leite Fonseca, suspeito de matar a mulher e tentar matar a sogra, na última quarta-feira (21). Segundo informações da polícia, José Adilson estava em um sitío na zona rural da cidade, quando foi preso.
De acordo com o advogado de defesa, Robson Silveira, o supeito se entregou à polícia, e afirma que o taxista estaria arrependido."Em depoimento, meu cliente confessou o crime, dando detalhes do útlimo ano de convivência com e esposa. Seu objetivo não era fugir, mas diante da repercusão, preferiu de esconder".
Cláudia Maria Gomes, de 32 anos, e a mãe dela, Terezinha da Cruz de de 64 anos, foram baleadas Rua São Cristóvão, no Bairro Maracanã, na quarta-feira (21). Cláudia foi atingida na cabeça, pescoço e tórax, passou por duas cirurgias, mas não resistiu. Já Terezinha, foi atendida e liberada.
Na quinta-feira (22) um sobrinho do suspeito foi preso, depois que foi reconhecido por uma das vítimas. Ele estaria dirigindo o carro utilizado pelo tio para a fuga. Um veículo que é de José Adilson foi encontrado em um hotel, no Centro da cidade. Ele se hospedou no local no dia 5 e permaneceu por 10 dias.
O suspeito será encaminhado ainda nesta segunda-feira ao presídio de Januária, uma vez que o presídio de Montes Claros está interditado, devido a superlotação.