Tragédia com cinco mortos na BR-040 é acidente mais grave do feriadão

A tragédia com cinco mortos na BR-040 na tarde desse domingo é o acidente mais grave do fim de ano que teve pelo menos 56 mortos em estradas de Minas Gerais, do dia 20 de dezembro a 4 de janeiro, conforme levantamento do Estado de Minas. Dois casais e um bebê estavam em um Fiat Siena, que atingiu outros três veículos em Carandaí, na Região Central do estado. 
A família é de Belo Horizonte. O motorista José Junio Siqueira, 37 anos, estava acompanhado da esposa Creuza Ferreira de Oliveira, 37 anos, e do filho Pedro Henrique, de 1 ano e dois meses. Também eram passageiros a irmã de Creuza, Margarida Ferreira, 47 anos,  e o marido dela, Roberto da Costa Santana, 49. Os dois eram padrinhos do bebê e estavam com o menino no banco de trás. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Fiat Siena, placa, OPT 2278 de BH, rodou na pista, atingiu a contramão e bateu na carreta, placa HJF 4462 de Juiz de Fora, carregada de compensados de madeira. O veículo de carga saiu da pista por causa do impacto. Logo depois, o carro bateu no Fiat Brava, placa LNI 4727 de Petrópolis, e esbarrou em um GOLhttp://cdncache1-a.akamaihd.net/items/it/img/arrow-10x10.png, placa OQB 7083 de Contagem.
                                        OS CINCO MORTOS, INCLUINDO O BEBÊ

Com o impacto da colisão, o Siena ficou completamente destruído e todos os ocupantes morreram presos às ferragens. Outras cinco pessoas foram socorridas para o Hospital de Barbacena com ferimentos leves. O acidente foi por volta de 16h30 e a rodovia ficou parcialmente fechada até 21h30. Os corpos das cinco vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Conselheiro Lafaiete. (JORNAL O EM.)