Agentes penitenciários de Januária ajudam família de detento que teve casa incendiada

Norte de Minas - Agentes penitenciários de Januária ajudam família de detento que teve casa incendiada
Para uma pessoa pobre, com quatro filhos, sendo dois portadores de deficiência, o acidente já
teria a dimensão de uma tragédia pessoal. Para Aline, mais ainda, uma vez que o marido, Rafael Leal Pereira, de 31 anos, está preso. Mas foi justamente do Presídio de Januária que surgiu a solidariedade de que a família precisava. Agentes de segurança penitenciários se mobilizaram em busca de doações de móveis, roupas, calçados, brinquedos e mantimentos.
Para a entrega do material arrecadado, os agentes foram até a casa em que Aline se abrigou com os filhos temporariamente, de favor. O diretor-geral do Presídio de Januária, Adailson Alves, diz que a campanha de arrecadação teve um grande apoio da comunidade.
“Às vezes existe um preconceito com os detentos, mas houve o reconhecimento que se trata de um ser humano como todos nós. Não só ele, mas também a família merece apoio num momento de fragilidade como este”, afirma.(FONTE JORNAL MONTES CLAROS)


Comentários