HOMEM É PRESO POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO EM JANUÁRIA

No dia 13 de outubro, a PM foi acionada a comparecer na Comunidade de São Joaquim, onde, segundo relatos do solicitante, o seu filho R. N. Mota, 24 anos e M. F. F. Gonçalves, 30 anos, após terem se desentendido em datas anteriores, precisamente, no dia 08 de outubro, encontraram-se, acidentalmente, às margens do Rio Jabuticaba, momento em que M. F. F. Gonçalves, de posse de uma arma de fogo, ameaçou de morte o R. Nunes que, por sua vez, saiu em desabalada no intuito de se proteger do autor. Segundo informações, o autor sempre anda armada naquela região, causando medo nos moradores daquele povoado. Após ter conhecimentos dos fatos, a Guarnição PM deslocou até o povoado de São Joaquim, a fim de averiguar a veracidade dos fatos, dirigindo-se à residência do autor. Diante da situação, a PM cercou a residência do autor com a intenção de fazer contato com ele, instante em que um dos militares deparou com o referido autor saindo pela porta dos fundos com uma arma em punho, pronto emprego. Após soltar a arma, os militares foram obrigados a utilizar técnicas de imobilização para conter o autor, pois este passou a agredir fisicamente a Equipe PM. Diante dos fatos, o autor foi preso, em flagrante delito, informado de seus Direitos Constitucionais e encaminhado até a Delegacia, juntamente, com o Revólver, Marca Taurus, calibre .32, com numeração suprimida, 05 (cinco) munições intactas de mesmo calibre e 04 (quatro) munições calibre .38., para demais procedimentos.

Assessoria de Comunicação Organizacional do 30º BPM

Comentários