Municípios no Norte de MG começam a receber bens que foram apreendidos

     PREFEITOS E PROMOTORES ESTIVERAM NA AUDIÊNCIA
Municípios que tiveram verbas desviadas em fraudes no Norte de Minas começaram a ter bens restituídos após criação da Fundação de Defesa da cidadania. Na tarde desta terça-feira (27), representantes dos municípios de PatisItacarambiSão João da Ponte e Cônego Marinhoparticiparam de uma reunião no Ministério Público para autorizar a doação de veículos à Polícia Militar.
“Os prefeitos estarão recebendo cerca de oito veículos, e os municípios doaram estes veículos à Polícia Militar. Os veículos serão caracterizados como carro de polícia e serão utilizados no patrulhamento dos municípios”, afirma o promotor Paulo Márcio da Silva.
Os bens apreendidos são provenientes da delação premiada do empresário Marcus Vinícius Crispim, o Corby.  Ele foi condenado por fraude em licitação e por desvio e apropriação de recursos públicos. A Fundação da cidadania é a responsável em administrar os valores arrecadados.
“Esta é uma situação pioneira. Nós conseguimos tomar o patrimônio daquelas pessoas que estavam envolvidas em maus feitos com a administração, e agora o passo seguinte é retornar aos municípios este patrimônio que foi subtraído. Ele retornará em forma de obras, os municípios indicam as obras que eles querem ver erguidas, e a partir daí a gente empreende esforço no sentido de atender o que o município quer”, explica o promotor.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários