Estudantes manguenses protestam contra o governo Temer

foto e texto de Fernando Abreu
Um grupo de estudantes das Escolas Estaduais Presidente Olegário Maciel e Ministro Petrônio Portela, em Manga, realizou nesta segunda-feira (31) pela manhã um protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição - PEC 241, que estabelece teto para o aumento dos gastos públicos pelos próximos vinte anos e contra a reforma do Ensino Médio.
O ato começou na escola Portela, passou pela escola Olegário, onde os estudantes desta escola se juntaram e percorreram as principais ruas da cidade com faixas, cartazes, megafone e gritando palavras e frases de ordem como Fora Temer, Não à PEC e outras como “O aluno acordou. O aluno decidiu! Ou param a reforma ou paramos o Brasil!”
Com esta atitude os estudantes manguenses se mostram conscientes, politizados e fazem com que suas vozes sejam ouvidas, chamando atenção através da mídia para estas importantes questões que atingem não somente a classe estudantil, mas todo o país.
A Proposta de Emenda Constitucional - PEC 241, que tem como objetivo limitar os gastos públicos pelos próximos 20 anos, vai representar um grande impacto na vida do funcionalismo público em geral, com congelamento de reajustes até desestímulo à entrada de mais pessoas no serviço público. Entidades de classe apontam que pode representar um golpe mortal na categoria como um todo.

Comentários