Pastor é preso por estupro de criança dentro de igreja em Montes Claros

Pastor dava aulas de inglês na intituição religiosa (Foto: Valdivan Veloso/G1)Pastor dava aulas de inglês na instituição religiosa (Foto: Valdivan Veloso/G1)





Um pastor de uma igreja evangélica foi preso na tarde desta quinta-feira (13) suspeito de estuprar uma criança de cinco anos em Montes Claros, no Norte de Minas. A Polícia Civil diz que ele dava aulas de inglês na sede da própria igreja, no Bairro Roxo Verde, onde os abusos aconteceram.
O inquérito foi instaurado no dia seis de setembro deste ano, após os pais denunciarem o caso à Polícia Civil. Eles relataram que desconfiaram do caso quando a criança se mostrava resistente em frequentar as aulas na igreja. “Ela dizia que não queria ir porque o Tio João fazia bobagem com ela”, diz um investigador.
João da Silva era o segundo pastor da instituição religiosa e foi expulso após confessar a prática ao pastor responsável pela igreja. Por telefone ele confessou também para o pai da vítima, de acordo com os investigadores.
A prisão temporária foi pedida após o investigado informar endereço errado para a polícia. Ele foi preso na casa de uma irmã. O advogado do suspeito, Pedro Barnabé Carlos, diz que não concorda com a prisão do cliente, pois não existem elementos que comprovem o crime. “Não concordo porque ele esteve sempre na cidade, conforme foi reivindicado pela própria delegada. Ela solicitou que se ele fosse sair da cidade, avisasse, mas não foi impedido de transitar”, explica.A Polícia Civil marcou uma entrevista coletiva para a manhã desta sexta-feira (13) para dar detalhes sobre a prisão.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários