NÃO VAI MAIS: Em Bocaiuva, prefeita eleita desiste de eliminar secretarias.

marisa 02
Ainda no mês de Novembro, o Jornal Gazeta de Montes Claros levou aos seus leitores uma entrevista exclusiva com a Futura prefeita de Bocaiuva, Marisa Alves do PMDB, onde Marisa anunciava a extinção de 05 a 06 secretarias durante sua gestão. A justificativa seria para enxugar os gastos públicos com algumas pastas a que a nova equipe administrativa considerava desnecessárias. A notícia da eliminação das secretarias também foi noticiada pela emissora de Rádio Local (Rádio Clube) e também aqui no site RSena. O assunto então ganhou grande repercussão e a postura da futura prefeita foi muito aplaudida pela sociedade que considerou a decisão necessária e corajosa.
Porém o que agradou a população parece não ter agradado o grupo político da prefeita eleita e bastou a notícia se espalhar para que a equipe de Marisa convocasse uma reunião em caráter de urgência a fim de debater o assunto. Informações de bastidores dão conta de que na reunião houveram vários questionamentos pelo fato da futura prefeita não ter discutido a extinção das pastas de forma ampla e aberta ao grupo e que tal postura pegou a todos de surpresa. Outra preocupação exposta foi com o chamado “compromisso de campanha” onde sobravam acordos de empregos e faltavam cargos na prefeitura o que poderia agravar a situação caso Marisa insistisse na ideia de eliminar secretarias.
Para por um fim no descontentamento do grupo, Marisa decidiu recuar da decisão e não irá mais eliminar as secretarias, pelo contrário, vai criar mais uma, desta vez, a Secretaria da Mulher.
A futura prefeita ainda não se deu por vencida quanto a sua proposta em economizar através do enxugamento da maquina. Marisa estaria conversando com seu grupo a possibilidade de não eliminar secretarias, mas deixar algumas pastas inativas durante o período de cinco meses aos quais estima-se ser o tempo suficiente para que a nova administração consiga equilibrar o orçamento do município.
A ideia de desativar secretarias ainda não foi definida, mas é nítida a preocupação da prefeita eleita com a herança financeira que irá herdar do atual prefeito Ricardo Veloso.(http://rsena.com.br/)

Comentários