AMAMS apresenta demandas à Presidente da Codevasf

O objetivo da nova gestão da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS é hipotecar apoio aos prefeitos, levar as demandas as autoridades que possam ajudar a entidade a trabalhar por melhores condições para os seus municípios filiados.
Nesse sentido o presidente da AMAMS e prefeito de Bonito de Minas, Zé Reis, esteve na superintendência da Codevasf no dia 31 de janeiro, com a  presidente da companhia, Kênia Marcelino, quando na oportunidade lhe entregou um ofício que consta as principais demandas levantadas em reunião com prefeitos e principais entidades de classe que representam a sociedade civil da região.
No ofício consta as seguintes demandas; retomada das obras da Barragem que faz parte do Projeto Hidroagrícola Jequitaí que conta ainda com a Barragem do Jequitaí II e o Perímetro Público de Irrigação. O Projeto prevê a irrigação de 35 mil hectares de lavouras na região, contemplando 19 municípios com a geração de 105 mil postos de trabalho.
A barragem de Congonhas, entre os municípios de Grão Mogol e Itacambira, no Norte de Minas. A obra será muito importante para garantir o abastecimento de água para mais de 500 mil moradores de Montes Claros, Francisco Sá, Janaúba, Juramento e Capitão Enéas, além da revitalização da Bacia do Rio Verde Grande, sub-bacia do Rio São Francisco.
Duplicação da BR-251 entre Montes Claros e BR-116 (Rio-Bahia), uma das mais importantes rodovias transversais brasileiras. A rodovia é usada tanto para o transporte de cargas direcionadas ao Sudeste e ao Sul do país, quanto para o Norte e Nordeste. Consulta da Possibilidade de cessão do trecho para uma PPP (Parceria Público-Privada), com recursos do FNDE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste).
Pavimentação da BR-479, Januária à Chapada Gaúcha, principal via de ligação do extremo Norte de Minas a Brasília. A obra irá facilitar o acesso rápido a grandes centros consumidores como a capital federal, Goiânia e Anápolis, especialmente para escoamento da produção do Projeto Jaíba. Consulta da Possibilidade de cessão do trecho para uma PPP (Parceria Público-Privada), com recursos do FNDE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste).
Construção da Ponte sobre o Rio São Francisco na cidade de São Francisco (MG-402) interligando o Norte de Minas ao Oeste Mineiro e ao Distrito Federal. Consulta a Possibilidade de cessão para uma PPP (Parceria Público-Privada), com recursos do FNDE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste).
Construção da Ponte sobre o Rio São Francisco no município de Itacarambi interligando o Projeto Jaíba pela LMG-633 à BR-135 e BR-479, que permitiria um corredor de acesso para escoamento da produção agrícola para o Distrito Federal. Consulta a Possibilidade de cessão para uma PPP (Parceria Público-Privada), com recursos do FNDE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste).
Atração de empreendimentos inovadores, estímulo à indústria regional, apoio à geração de energia sustentável e criação de empregos através de políticas próprias para aplicação Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) na área Mineira da Sudene.
Inclusão de uma vaga para o Presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS) no Conselho Deliberativo (CONDEL) da SUDENE.
O objetivo do presidente Zé Reis é que a presidente da Codevasf tenha conhecimento das necessidades da região, e se engaje na luta para a realização dessas demandas, que são de extrema importância para o desenvolvimento de toda a região da área mineira da Sudene, que também é abrangida pela Companhia.
O presidente Zé Reis também apresentará as demandas ao Superintendente da Sudene, “As nossas demandas serão entregues ao superintendente da Sudene, em reunião que acontecerá em Recife, caso não tenhamos nenhuma resposta positiva, iremos também a Brasília, onde nos reuniremos com o presidente Michel Temer, a Kênia Marcelino já se dispôs a nos acompanhar, bem como outras autoridades, o meu objetivo é unir forças, para que possamos ser atendidos em nossos pleitos”, finalizou o presidente.(ascom amams)