Carros roubados em MG eram usados para pagar drogas no Paraguai

A Polícia Civil apresentou na tarde desta sexta-feira (17) quatro homens que foram presos durante a operação Vaccari, deflagrada nesta madrugada em Montes Claros, no Norte de Minas. Na manhã desta terça-feira, a PC divulgou ao G1 que a apreensão era de 300 quilos de drogas, mas retificou a informação durante a coletiva para 200 quilos, entre maconha e crack.
O grupo também está envolvido, segundo a PC, em roubos de carros em várias cidades em Minas Gerais, que eram usados como moedas de troca com traficantes no Paraguai. “Este grupo não era violento, mas incitavam a violência ao encomendarem o roubo de veículos, geralmente caminhonetes. Eles levavam os carros para o Paraguai e retornavam trazendo os entorpecentes”, explica o delegado Herivelton Ruas, responsável pela Delegacia Antidrogas.

Os trabalhos de investigação começaram há cerca de um ano. A PC descobriu que o grupo criminoso comprava os entorpecentes no Paraguai para poder revender a traficantes da cidade e também da região. Esta já é considerada a maior apreensão de drogas realizada pela PC no Norte de Minas.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários