AMAMS se reúne com Ministério Público na busca de soluções para prefeituras do Norte de Minas

A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS e o Ministério Público realizaram uma reunião na tarde da última sexta-feira, 10 de março, com o promotor José Aparecido Rodrigues, coordenador regional do Patrimônio Público, a fim de buscar soluções para os problemas que afligem os gestores do Norte de Minas.O presidente da AMAMS e prefeito de Bonito de Minas, José Reis e o secretário executivo, Ronaldo Mota Dias, fizeram uma visita de cortesia ao Ministério Público, onde ficaram estabelecidas algumas ações. A primeira delas é a criação de uma Agenda de Trabalho, a cada 15 dias o promotor receberá prefeitos do Norte de Minas, para discutir sobre problemas enfrentados pelos municípios, visando através do diálogo uma solução para as demandas apresentadas, uma ação preventiva.A direção da AMAMS externou para o Coordenador Regional do Patrimônio Público as dificuldades que estão surgindo em vários municípios em decorrência dos concursos públicos, em alguns municípios o comprometimento com a folha de pagamento chega aos 70%, levando ao descumprimento do teto fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 54%.O promotor José Aparecido Rodrigues explicou que essa situação o preocupava e por isso, abriu conversações com a Universidade Estadual de Montes Claros, que realizou o concurso público unificado, visando corrigir as falhas surgidas. Nesse sentido, o primeiro passo é implantar as Comissões Disciplinares e de Estágio Probatório. Os municípios terão seus dirigentes capacitados para resolverem o impasse. Outro assunto abordado é a questão dos médicos, que oneram a folha de pagamento e crescem os indicadores, apesar de receberem de fontes estaduais e federais.Outro tema abordado na reunião foi o apoio da AMAMS na implantação do Portal da Transparência dos municípios do Norte de Minas, pois esse é um dos principais gargalos da administração pública. A partir do momento em que o Portal da Transparência estiver aberto para consultas, ajudará os prefeitos, pois a população poderá fiscalizar os recursos públicos. Ele ainda salientou que o Ministério Público reconhece a importância da AMAMS, em vários setores da administração pública e a parceria é fundamental.  José Reis lembrou que sua administração tem focado o fortalecimento dos municípios, identificando e buscando recursos públicos que permitam melhor atendimento à população.(ascom AMAMS)