Casal é preso após espancar e roubar comerciante em Ninheira

Um casal foi preso neste sábado (13) após espancar e roubar um comerciante em Ninheira, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar, o crime foi durante a madrugada, mas a vítima só foi encontrada somente por familiares durante a manhã deste sábado.
O comerciante, de 66 anos, relatou aos militares que o casal chegou ao seu estabelecimento na sexta-feira (12) e ficaram várias horas fazendo uso de bebidas alcoólicas. Já na madrugada, quando o estabelecimento estava fechado, ouviu alguém chamando do lado de fora e ao abrir foi surpreendido pelo casal.
A vítima contou que o rapaz, de 18 anos, estava com um pedaço de madeira e logo o atingiu na cabeça. Mesmo caída, os autores desferiram vários socos e pontapés contra a vítima, que ainda percebeu o momento em que eles roubaram todo o dinheiro que a vítima estava, cerca de R$ 4 mil.
Devido aos ferimentos, o comerciante não conseguiu pedir socorro, mas no período da manhã familiares foram até sua residência e o encontraram com vários ferimentos. Ele foi socorrido ao hospital da cidade, onde acionaram a Polícia Militar.
Após as informações da vítima, policiais iniciaram buscas pelos autores. Eles conseguiram identificar a residência do rapaz e lá o encontraram deitado e com cópias dos documentos da comparsa. Ele negou ter participado do crime, mas afirmou ter encontrado com a mulher durante a noite e ela se apresentava muito nervosa. Ela teria ainda, segundo o autor, pedido para que ele a levasse até a cidade de São João do Paraíso.
Durante o registro da ocorrência, um homem que estava com o casal durante a tarde de sexta-feira, procurou os militares afirmando acreditar que a mulher também tinha lhe roubado R$ 150 enquanto fazia o consumo de bebidas alcoólicas. O rapaz foi preso e levado para a delegacia de São João do Paraíso.
Já na madrugada deste domingo (14), a mulher, de 27 anos, procurou o pelotão da PM em São João do Paraíso confirmando ser a autora do roubo contra o comerciante. Com ela foi apreendida parte do dinheiro roubado.
Os militares afirmam ainda que ela repassou informações desencontradas sobre os locais onde ela poderia estar, mas eles iniciaram um rastreamento e descobriram o hotel onde a autora esta hospedada. Lá encontraram um celular novo e com nota fiscal, que os policiais acreditam ter sido adquirido com o dinheiro roubado. Dentro da caixa do telefone foi encontrada ainda cerca de R$ 2,3 mil. Ela foi também foi levada para a delegacia da cidade.(G1 GRANDE MINAS)