Audiência Pública para debater a segurança no município

audpub


A Câmara de Vereadores de Itacarambi realizou nesta sexta-feira (19) audiência pública para debater sobre a segurança pública do município, principalmente devido ao número alto de crimes ocorridos na cidade nos últimos meses. Representantes do comércio, autoridades religiosas, de associações e público em geral compareceram à quadra do Caic para acompanhar a reunião. A audiência também contou com a participação de autoridades das policias militar e civil de Minas Gerais, além do deputado estadual Paulo Guedes (PT).
O delegado do departamento de Policia Civil do norte de Minas, Dr.Renato Nunes, disse que o problema da criminalidade e violência em Itacarambi pode ser explicado pela falta de um delegado fixo na cidade. Este, inclusive, foi pauta de um requerimento do vereador Professor Danilo, que compõe a comissão municipal de segurança pública, junto com os também vereadores Buguinha e Alberto.
O deputado Paulo Guedes se comprometeu a ajudar Dr. Renato para que o pedido de disponibilidade de um delegado fixo para Itacarambi seja atendido o mais rápido possível.O presidente da câmara, vereador Dr. Emerson Barbosa, destacou e apresentou aos presentes a situação da região do corredor – Localizada na saída para a cidade Manga, próxima à cerâmica – conhecida como local que abriga marginais que cometem delitos na cidade. Segundo Emerson isso ocorre devido à falta de infraestrutura naquela região. Como requerimento, foi solicitado construção de moradias, melhoria na iluminação e construção de áreas de lazer na região do corredor.
Outro requerimento apresentado pela comissão de segurança e destacado pelo vereador Emerson foi o de um projeto de Construção de um Centro de Internação para menores mais próximo de Itacarambi. Haja visto que, hoje o mais perto do município está localizado em Pirapora, a 395 quilômetros.
O presidente da câmara solicitou à prefeita Dra. Nivea Maria a contratação de seguranças particulares em caráter de urgência para auxiliar a polícia militar, uma vez que a criação de uma guarda municipal requer trâmites burocráticos e demorados.
O vereador Alberto apresentou requerimento para a volta da justiça itinerante para atender o município. Alberto apresentou outro requerimento para a criação da patrulha de bicicletas e motocicletas na cidade, além da patrulha rural. Outra solicitação apresentada pelos vereadores foi da implantação do sistema de monitoramento Olho Vivo. Todos os requerimentos apresentados foram aprovados pela comissão de segurança.
audpub2Representantes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) apresentaram o projeto Guarda Mirim. Segundo Ana Carla Silva Alcântara, uma das idealizadoras do projeto, trata-se de um projeto de prevenção e conscientização para que crianças e adolescentes não ingressem no mundo da criminalidade.
O tenente Macedo, da corporação de Itacarambi, falou das dificuldades para atender a população. Segundo Macedo, Itacarambi conta hoje com 13 militares para atender um município de quase 20 mil habitantes (O deputado Paulo Guedes informou que serão deslocados mais 5 militares recém formados para Itacarambi).
O tenente informou que há situações que tenha apenas dois militares trabalhando, e que eles certamente estarão patrulhando pelas ruas da cidade e, que este muitas vezes é o motivo pelo qual as pessoas entram em contato com a PM pelo 190 e não consigam ser atendidos. Ele falou também do problema dos trotes, de acordo com Macedo a polícia recebe mais de 100 trotes todos os dias.
O deputado Paulo Guedes, em sua fala, disse que irá levar ao governador Fernando Pimentel todos os requerimentos pautados na reunião. Entre eles, Guedes destacou o da patrulha rural, o deputado se comprometeu a conseguir veículos apropriados para rondas rurais.
audpub3Paulo Guedes também se comprometeu a conseguir o valor de 50 mil reais, através de emenda parlamentar para implantação do sistema de monitoramento Olho Vivo. O deputado convidou a prefeita Nivea e o vereador Emerson a irem a Belo Horizonte solicitar junto à Companhia de Habitação do estado de Minas Gerais (CoHab) a possibilidade de casas populares para a região do corredor em Itacarambi. O parlamentar informou que o governador Pimentel irá lançar o programa de asfaltamento, e segundo ele, Itacarambi já teria direito a 3 quilômetros de asfalto. Basta agora, que a prefeita defina em que região da cidade será realizada essa implantação.
A prefeita Nivea ressaltou que, mesmo diante da crise financeira e política, a administração municipal tem feito esforços para atender todas as demandas da população. Nivea lembrou que, além do corredor, outra região da cidade que necessita de investimentos em infraestrutura e principalmente iluminação pública é o bairro Tancredo Neves. Ela encerrou sua fala dizendo que uma das formas de reduzi a criminalidade é a geração de empregos. Pensando nisso, a prefeita falou que trabalha para criar cooperativas associações, fabriquetas que possam gerar empregos e ajudar a população nesse sentido.
Rildo Madureira - ASCOM Prefeitura de Itacarambi