AMAMS APOIA PROJETO DO PERUAÇU PATRIMÔNIO MUNDIAL NATURAL


A campanha para que o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu seja reconhecido como Patrimônio Mundial Natural, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) tem apoio da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene - AMAMS. O presidente José Reis, prefeito de Bonito de Minas, participou da audiência pública realizada pela Comissão de Assuntos Municipais da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, no dia 8 de junho, quando colocou a entidade a disposição da campanha. Os prefeitos Marcelo Felix, de Januária e Nívea Maria, de Itacarambi, também participaram do evento, realizado em Januária.

Em seu discurso, José Reis enfatizou a importância do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu ser reconhecido, como forma de atrair turistas e fomentar o desenvolvimento regional, pois ele passou 36 anos de sua vida esperando o turismo da microrregião, sem nada acontecer. Agora, com essa campanha, está mexendo nos brios do lado esquerdo do rio São Francisco, no sentido de ver esse selo internacional, para atrair turistas que aplicarão os seus recursos em dólares e euros. Ele lembra que um grupo de chineses esteve no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu no ano passado e está com a intenção de voltar, sendo mais de 100 chineses. É o resgate histórico da região de Januária.(ASCOM AMAMS)

Comentários