Itacarambi realiza batizado e troca de corda de capoeiristas


Aconteceu a SEGUNDA VADEIA ITACARAMBI  nos dias 17 e 18. O evento foi realizado na Quadra Poliesportiva do CAIC. Uma organização do professor URÚ e alunos de Itacarambi, com a supervisão do Mestre BIM da Capoeira Sinhá do Reino de Januária. Com apoios da Prefeitura, Coordenadoria Municipal de Esporte, Secretaria de Turismo e Eventos e patrocínio dos comerciantes da cidade.
Sete cidades participaram do evento, JANAÚBA, JAÍBA, MATIAS CARDOSO, VERDELÂNDIA, JANUÁRIA, CARINHANHA E ITACARAMBI. Com muitos batuques e ritmos para celebrar a Segunda Vadeia reuniu vários professores, instrutores e o Mestre de Capoeira, BIM de Januária. 
O gingado, misturado com o Batizado e  Troca de cordões do Grupo Sinhá do Reino realizado neste sábado e domingo, trouxe para a cidade de Itacarambi, os renomados professores de capoeira do Norte de Minas, Além do batizado e da troca de cordões, o evento contou com a primeira formatura de alunos da cidade, principalmente da Escola Estadual Professor Josefino Barbosa, onde cinco alunos da escola puderam receber suas cordas por merecimento e dedicação.
Segundo o Professor Urú, -, o batizado  de capoeira é a primeira vez que o aluno joga com um mestre, por isso é necessário praticar o esporte entre seis meses a um ano. A troca de cordões compreende as graduações da capoeira na qual o aluno recebe diferentes cores de cordões representando seu grau de habilidades no esporte. 
– O cordão verde é a primeira graduação depois passará por varias fases até chegar a ser mestre cujo cordão terá todas as cores: verde, amarelo, azul e branca junta – explicou,
A formatura ocorre quando o aluno tem alto grau de habilidades em todos os âmbitos do esporte, conhecimento sobre a história da capoeira e responsabilidade com a causa. Para tornar-se um aluno formado, segundo o Mestre Bim,  é necessário cerca de 10 anos de dedicação ao esporte. 
– Os principais requisitos para formação é ter aptidão física, conhecimento sobre a história da capoeira e responsabilidade com a causa. Batizado de capoeira é uma festa para a apresentação de aluno iniciante à sociedade, é a primeira vez que o aluno joga com o mestre – contou o Mestre.
Esteve presente no evento, a Secretária Municipal de Turismo, Cláudia Seixas, representou a prefeita Dra. Nivea Maria, os Vereadores Danillo Fraga, Buguinha e dezenas de pais de alunos. O Coordenador de Esporte, Fernando Teixeira não pôde comparecer porque se encontra em viajem, participando de um evento esportivo.
As graduações na capoeira têm várias etapas. Primeiro ele se transforma em aluno formado, depois instrutor,  professor, contra-mestre e mestre. Para ser um mestre é necessário cerca de 30 anos de dedicação ao esporte. .Após apresentação do evento, foi servido um almoço para todos.
Por Vailton Ferreira


Comentários