JANUÁRIA: AUDIÊNCIA PÚBLICA DO PARQUE DO PERUAÇU REUNEM APROXIMADAMENTE 800 PESSOAS

FOTOS DO FACEBOOK
A audiência púbica promovida pela Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizada em Januária, na tarde desta quinta-feira(08 de junho) reuniu aproximadamente 800 pessoas, entre políticos, estudantes, representantes da imprensa e da administração do Parque A audiência aconteceu no auditório da Superintendência de Ensino. O debate aconteceu com a participação maciça dos expectadores oriundos de várias cidades da região, inclusive do município de São João das Missões com a presença de um grupo de indígena da tribo Xacriabá.  
Os deputados Paulo Guedes (PT), que solicitou a reunião, Carlos Pimenta (PDT) e Gil Pereira (PP) destacaram a importância do selo de patrimônio mundial da Unesco para o desenvolvimento da região. “Esse reconhecimento traz o turismo internacional e a geração de emprego e renda para o Norte de Minas”, salientou Paulo Guedes.
Eles também lembraram que a infraestrutura das cidades que abrigam o parque precisa acompanhar o interesse pelo local, para atender a demanda que o turismo traria, e a necessidade de aproximar a população do Peruaçu, uma vez que a visitação ao parque ainda não está aberta ao público.
Com a finalização das obras de infraestrutura, que adequaram o Peruaçu para o turismo, a abertura oficial do parque ao público será no dia 27 de junho, conforme informou Carolina Fonseca, coordenadora do ICMBio.
Também compareceram à reunião e manifestaram seu apoio público à candidatura da unidade de conservação a prefeita de Itacarambi, Nívea Maria, e os prefeitos de Januária e São João das Missões,  Zé Nunes, respectivamente.
Requerimentos – Ao final da reunião, foram aprovados dois requeriementos relacionados ao tema abordado. Os deputados querem que os órgãos ambientais competentes adotem as medidas necessárias para que a indicação do Peruaçu ao título da Unesco seja viabilizada.
Outra ação cobrada pelos parlamentares é a inclusão de um voo de Januária a Belo Horizonte, com escala em Pirapora, na rota do programa Voe Minas Gerais, iniciativa do Executivo para integrar as diversas regiões do Estado. Com o aumento do turismo esperado na região, a nova rota tornaria o parque mais acessível.
Um dos três municípios que abrigam os limites do parque. Os outros são Itacarambi e São João das Missões.

Por Vailton Ferreira, com informações ascom da ALMG

Comentários