Pular para o conteúdo principal

Parlamentares derrubam veto do ISS e garantem R$ 6 bi aos cofres municipais

Por meio de articulação parlamentar e sensibilização dos representantes do Legislativo federal foi feito movimento municipalista para a conquista de mais uma vitória: a derrubada do veto à reforma do Imposto Sobre Serviços (ISS). Em sessão conjunta do Congresso Nacional realizada na noite desta terça-feira, 30 de maio, os parlamentares derrubaram os trechos vetados pelo governo federal da Lei da Reforma do ISS (Lei Complementar 157/2016), que estabelece uma nova redistribuição do valor arrecadado com o tributo entre os Municípios.A votação começou a ser realizada pela Casa em que o projeto se originou, no Senado. Com 49 votos favoráveis e um contrário, os senadores optaram por derrubar o veto do governo federal ao ISS. Em seguida, foram contabilizados os votos dos deputados que, por 371 votos favoráveis e seis contrários, seguiram a mesma posição dos senadores. Dessa forma, a Lei da Reforma do ISS volta ao seu texto original.Essa é uma vitória de todos os gestores, prefeitos e lideranças municipalistas que abraçaram essa luta, destacamos também o papel fundamental de cada parlamentar que entendeu a derrubada do veto como um respiro às economias municipais.
O que muda
Os trechos vetados pelo Planalto tratavam da mudança do local de recolhimento do imposto. Ou seja, se a lei fosse sancionada como expressa no texto aprovado pelo Congresso no fim do ano passado, os serviços de administração de cartões de crédito e débito passariam a ser recolhidos onde está estabelecido o tomador do serviço. Além disso, o ISS das operações de leasing – arrendamento mercantil – e planos de saúde também seriam devidos no domicílio do tomador.Atualmente, o valor arrecadado é destinado aos Municípios onde as empresas que prestam o serviço do cartão de crédito e afins estão instaladas, os chamados Municípios prestadores. Ou seja, as grandes cidades arrecadam praticamente a totalidade do imposto, pois alocam o maior número de empresas prestadoras deste tipo de serviço. Em contrapartida, os Municípios pequenos ficam desprovidos das receitas, embora também forneçam o serviço em suas localidades. Se o veto não fosse derrubado, essa forma injusta de distribuição do imposto seria mantida.
R$ 6 bilhões distribuídos
A derrubada do veto, que acarreta na sanção do texto original da Lei Complementar 157/2016 conforme aprovado no Congresso, permitirá uma redistribuição anual de cerca de R$ 6 bilhões aos Municípios brasileiros. Na Área Mineira da Sudene o valor apurado chega a R$31.424.667,00.Aproximadamente R$ 2,87 bilhões serão repassados aos Municípios onde o tomador do serviço está estabelecido, nesse caso onde estão localizados os restaurantes, farmácias, postos de gasolina, etc. Isto no caso dos serviços de administração de cartões de crédito e débito.No caso do leasing serão cerca de R$ 2,6 bilhões distribuídos. Antes, esse recurso ficava nas mãos de apenas 35 Municípios. E, no caso dos planos de saúde, mais de 2 mil Municípios com estabelecimentos de saúde que atendem por planos e convênios, conforme dados da Agência Nacional de Saúde (ANS), passarão a receber o ISS dessa operação. Da forma que estava, apenas 370 Municípios recebiam tal receita.Se o veto não fosse derrubado, a forma de distribuição dos recursos arrecadados com o imposto continuaria como está: 63% das receitas do ISS ficam nas mãos dos citados 35 Municípios; cerca de 100 Municípios respondem por 78% de todo o montante arrecadado com tributo do país. A título de exemplo, em 2016, cerca de 75% da arrecadação do ISS ficou concentrada para poucos Municípios da região Sudeste do país.
ASCOM AMAMS

Comentários

AS MATÉRIA MAIS VISUALIZADAS

RAPAZ É BALEADO E MORTO NA MADRUGADA DE DOMINGO EM ITACARAMBI

Um jovem foi baleado por volta das 02h15minh na madrugada deste domingo (27), segundo testemunha o rapaz que estava acompanhado da namorada, estava caminhando quando foi surpreendido por outro que efetuou três disparos de arma de fogo. A vitima foi atingida com um tiro na cabeça e outros dois debaixo do braço do lado direito. O atirador fugiu. Uma equipe do Samu socorreu a vitima em seguida levando até o hospital municipal Gerson Dias. Segundo as informações, rapaz já saiu sem sinais vitais, vindo a falecer. A Polícia Militar no comando do Sargento Jailton e o Cabo PM Matos  esteve no local e continua a procura do atirador. O crime ocorreu na Avenida Presidente Kennedy, esquina com a Rua Bonfim. Aguarde mais informações.
Por Vailton Ferreira.

SÃO JOÃO DAS MISSÕES:Homem vinga a morte do irmão matando e cortando a garganta de suposto assassino

Imagem Ilustrativa/Foto: Divulgação Um jovem, de 20 anos, foi morto cruelmente, neste domingo (27), na reserva indígena Xacriabá, no município de São João das Missões. Além de ser alvo de disparos de arma de fogo, ele teve ainda a garganta cortada. O suspeito de cometer o crime é um rapaz de 26 anos que teria sido motivado pelo sentimento de vingança. O corpo de José da Conceição foi encontrado em uma estrada da reserva e a Polícia Militar foi acionada juntamente com a perícia que constatou perfurações de arma de fogo por todo o corpo e um corte profundo na garganta. Testemunhas disseram para os militares que a vítima estava com outro rapaz em uma moto retornando de uma festa quando já próximos à reserva perceberam que estavam sendo seguidos por dois homens em uma motocicleta. O condutor da moto em que a vítima estava tentou fugir, mas foi emparelhado pelo outro condutor, que efetuou dois disparos contra José da Conceição. Com isso, o motociclista perdeu o controle e caiu no chão junto co…

Jovem é morto a tiros em uma praça em Itacarambi

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros na madrugada deste domingo (27), em Itacarambi, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar, Robson Vidal de Oliveira estava acompanhado da namorada dele e de um amigo quando foi atingido por tiros na cabeça e no braço. A motivação do crime ainda não foi esclarecida. A vítima e as testemunhas estavam a pé, e os disparos ocorreram em uma praça da Rua Bonfim. A namorada e o amigo não foram atingidos. De acordo com o Samu, quando os socorristas chegaram ao local, a vítima, que é parda, estava sem pulso; houve tentativas de reanimá-la até o hospital da cidade, mas ela não resistiu aos ferimentos. Os militares fizeram rastreamento, mas até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. O corpo do rapaz foi levado ao IML de Januária e a Polícia Civil irá investigar o caso.(G1 GRANDE MINAS)

POLÍCIA MILITAR DE ITACARAMBI LOCALIZA MOTO FURTADA

POLÍCIA MILITAR LOCALIZA MOTOCICLETA FURTADA EM ITACARAMBI No dia 05 de setembro, a Polícia Militar em Itacarambi recebeu o relato de uma vítima que havia deixado seu veículo, motocicleta Yamaha/Lander XTZ250, de cor azul, estacionada em frente a uma oficina, localizada na Rua Amapá e aproximadamente vinte minutos depois percebeu           que o seu veículo havia sido furtado. Nesta data (06/09/2017), Durante o turno de serviço a Guarnição PM recebeu denúncia de que havia uma motocicleta escondida na "mata da Gutierrez" na cidade de Itacarambi. Diante das informações os militares fizeram intenso rastreamento no local indicado e lograram êxito em recuperar a referida motocicleta XTZ Lander 250, que havia sido furtada em data anterior.

Assessoria de Comunicação Organizacional do 30º BPM – 11ª RPM

PREFEITURA DE ITACARAMBI RECEBE QUIOSQUE CEDIDO ILEGALMENTE PARA COMERCIANTE

POR FÁBIO OLIVA

Caminhoneiro embriagado bate em carroça e mata idoso na BR-135, em Manga

Um idoso de 61 anos morreu e um rapaz, de 20, ficou ferido em um acidente na BR-135, em Manga, nesse domingo (17). As vítimas estavam em uma carroça que foi atingida por um caminhão que seguia no mesmo sentido, próximo a Comunidade de Pedra Preta. O motorista, de 46 anos, fugiu do local, mas foi preso em um povoado às margens da rodovia e levado para a delegacia de Januária. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, ele estava embriagado e o resultado do teste do bafômetro foi de 0,29 mg de álcool por litro de ar expelido. O caminhoneiro contou para os policiais que fugiu após o acidente por medo de ser linchado. O idoso faleceu no local e o Samu socorreu o rapaz até um hospital da região com ferimentos na cabeça e ombro. O motorista teve a CNH recolhida e o veículo foi removido para o pátio de Manga. A polícia não informou se o animal que puxava a carroça se feriu.
G1 GRANDE MINAS

Mãe inabilitada capota carro, bebê é arremessado pela janela e morre

LISLEY ALVARENGA Um bebê de apenas três meses morreu em um acidente de trânsito, ocorrido na tarde do último sábado (16), em Monte Carmelo, no Alto do Paranaíba. A mãe da criança, que não tem carteira de habilitação, contou que perdeu o controle do veículo após passar por uma rampa, bateu em um muro, e capotou o carro. O bebê foi arremessado para fora do veículo e foi encontrado debaixo dele. À polícia, a mãe, de 20 anos, disse que a criança estava em uma “cadeirinha”. Já testemunhas afirmaram que ela estava em cima do colo da mulher. O acidente ocorreu na rua Wilton de Oliveira Cunha, no bairro Sindônio Cardoso. O bebê chegou a ser socorrido, mas já chegou à unidade de saúde sem vida. Ele teve traumatismo craniano. A mãe também foi encaminha para o pronto-socorro da cidade.
A Polícia Militar não soube informar se a mãe foi presa.

(VÍDEO) BLOCO CIRÚRGICO DO HOSPITAL DE ITACARAMBI PODE SER REABERTO

Eleitora que denunciou fraude eleitoral em Itacarambi não terá que indenizar candidatos

Uma eleitora de Itacarambi, na região Norte de Minas, que denunciou tentativa de fraude eleitoral, não terá que pagar qualquer indenização aos candidatos a vereador que acabaram impedidos de disputar a eleição de 2016. A decisão é do Luiz Henrique Veloso, do Juizado Especial Cível da Comarca de Januária e foi proferida ontem (14) à tarde, durante audiência de instrução e julgamento. De acordo com o processo, a cabeleireira Elismara Meira Assunção foi convencida por um amigo, seu ex-patrão, a se candidatar a vereadora de forma fictícia, apenas para que uma coligação preenchesse os 30% de mulheres exigidos pela legislação eleitoral. Ela disse que foi orientada no sentido de que não precisaria fazer campanha, participar de comícios, nem pedir votos e recebeu a garantia de que “isso não daria nada”. A cabeleireira disse que tentou desistir da candidatura diversas vezes, mas foi impedida pela coligação. Inconformada com a situação, Elismara procurou espontaneamente o Ministério Público Eleit…

(VÍDEO) DESFILE DE 7 DE SETEMBRO EM ITACARAMBI. VEJA AS MELHORES IMAGENS.