Agentes de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde de Itacarambi estão em combate ao mosquito “Palha” transmissor da leishmaniose,

A Secretaria municipal de Saúde Itacarambi, através da Coordenadoria de Vigilância, começou nesta semana o combate ás ações do mosquito Palha, transmissor da leishmaniose. Os agentes têm intensificado e ampliando os locais de atenção.
As visitas estão sendo realizadas no período da manhã, para matar o Mosquito-Palha, responsável pela transmissão da leishmaniose, uma doença provocada pelos parasitas unicelulares do gênero Leishmania, um protozoário. Leishmaniose é geralmente transmitida pelo inseto do gênero Phlebotomus. A doença é transmitida ao homem através de um reservatório animal (hospedeiro) como os roedores e os canídeos.
Os agentes estão entrando de casa em casa inspecionando cômodos e fazendo a dedetização necessária, para minimizar os casos registrados anteriormente.
O Coordenador de Vigilância Ambiental, Antônio dos Anjos, disse que todo material usado para dedetizar os locais de incidência do mosquito está sendo intensificado com rigor, por isso que a Secretaria de Saúde mobilizou toda a equipe de agentes para dedetizar e imunizar o aparecimento do mosquito. Finalizou, dizendo que a operação de imunização não tem dia para acabar, permanecerá durante todas as semanas.
Por Vailton Ferreira








Comentários