Abes-MG lança curso sobre estratégias de comunicação para comitês de bacia

Minas Gerais possui 36 comitês de bacias hidrográficas. São organizações locais que desenvolvem um importante trabalho de preservação e uso racional dos recursos hídricos. Entretanto, por deficiências na comunicação, nem sempre o trabalho dos comitês é reconhecido pela sociedade, que, por sua vez, também perde a oportunidade de participar de muitas das ações que os comitês desenvolvem.
Para preencher essa lacuna, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes-MG) desenvolveu o curso “Além da Águas – Estratégias de Comunicação para os Comitês de Bacia, que será oferecido nos meses de setembro e outubro, em sua sede, em Belo Horizonte. O objetivo do curso é municiar os comitês de bacia de conhecimento técnico para que possam desenvolver estratégias próprias de comunicação com os diversos públicos da área onde atuam e, ao mesmo tempo, implementar estas estratégias.
No curso, os participantes receberão informações sobre as ferramentas de comunicação disponíveis na atualidade, o que inclui as chamadas mídias tradicionais (rádio, jornais e TVs), e também as ligadas à internet, como as redes sociais. Os participantes entenderão o funcionamento e as vantagens de cada uma destas mídias e serão orientados, cada qual, a elaborar um projeto de comunicação para seu próprio comitê. No final do curso, os projetos serão apresentados e discutidos pelos participantes, com o apoio técnico dos professores, que farão os ajustes necessários para que cada comitê possa implementar seu projeto de comunicação.
Para Rogério Siqueira, presidente da Abes-MG, o curso é importante por duas razões. A primeira é porque irá introduzir nos comitês a preocupação em pensar a comunicação como parte de seu projeto estratégico. A segunda razão é o sentido prático do curso, que é oferecer aos alunos as ferramentas disponíveis, na atualidade, para que os comitês de bacia possam implementar seus projetos de comunicação.
O público-alvo do curso são os dirigentes e integrantes de comitês de bacia; formuladores de políticas públicas de meio ambiente; ativistas ambientais; além de profissionais e estudantes de comunicação e engenharias sanitária e ambiental.
O curso será dado pela jornalista Cássia Miranda, especialista em jornalismo ambiental e assessora de comunicação da Abes-MG; pela publicitária e doutora em ciências sociais Janaina Maquiaveli Cardoso, pesquisadora da City University of New York e professora da PUC-Minas; e pelo jornalista Marcelo Freitas, que foi repórter dos jornais “Hoje em Dia”, “O Tempo” e “Estado de Minas” e, atualmente, é editor-chefe do portal de notícias Bhaz, de Belo Horizonte.

As aulas são quinzenais, aos sábados, nos dias 16 e 30 de setembro e 14 e 28 de outubro, na sede da Abes-MG, em Belo Horizonte, na rua São Paulo, 824, 13º andar, centro. O investimento é R$ 1.960,00, e pode ser pago em até duas vezes (2 de R$ 1.000,00). As inscrições podem ser feitas pelo site da Abes-MG, em www.abes-mg.gov.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3224-8248.