Durante provável discussão familiar, arma dispara e mata homem em Montes Claros

Homem assassinado em Montes Claros (Foto: Pablo Caires/Inter TV Grande Minas)
Um homem de 35 anos foi morto na manhã deste sábado (5) em Montes Claros, durante uma possível discussão familiar. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, a vítima estava em um carro no Bairro Esplanada com dois irmãos e o pai, um policial rodoviário aposentado. A irmã, de 37 anos, teria pegado a arma do pai e efetuado os disparos.
Ainda de acordo com a apuração inicial da PM, o pai e os irmãos homens foram até o Bairro Conferência Cristo Rei, conhecido por 'Feijão Semeado', buscar a irmã, que estava em um imóvel; a polícia não confirmou o local e necessariamente o que a mulher de 37 anos fazia no bairro, conhecido pela intensa criminalidade, especialmente o tráfico de drogas.
Após retirarem a mulher do local, todos voltaram para o carro e retornaram sentido Bairro Esplanada, quando ela viu que o pai, que dirigia o veículo, portava uma arma de fogo. A suspeita, que estava no banco traseiro do carro, sacou a arma do pai. Um dos irmãos, de 34 anos, que também estava no banco de trás, tentou conter a suspeita, mas foi ferido por um tiro na mão. Em seguida, a mulher efetuou outros disparos no carro, sendo que um deles atingiu o outro irmão, de 36 anos, que estava no banco de passageiro, na frente do carro.
O pai e a filha que efetuou os tiros foram levados para a delegacia, onde, até a publicação desta matéria, seguiam sendo ouvidos. Até a publicação desta matéria, os envolvidos não esclareceram à PM o motivo da discussão no carro. O irmão ferido na mão foi socorrido a um hospital. O irmão que morreu, chegou a ser socorrido a um hospital pelo próprio pai, mas deu entrada na unidade de saúde já sem pulso. O corpo foi levado ao IML.(G1 GRANDE MINAS)

Autora dos disparos foi levada pela polícia para esclarecimentos (Foto: Cristiano Dias/Inter TV Grande Minas)

Comentários