Realizada vacinação Antirrábica em Itacarambi

campanhavacinacaoA Prefeitura de Itacarambi, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), lançou no último sábado (19), a campanha de vacinação contra a raiva de cães e gatos.
De acordo com a coordenadoria do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a campanha visa garantir a saúde e proteção dos animais.
“Todos cães e gatos podem ser vacinados, exceto aqueles que se encontrem doentes. A idade mínima para vacinação é de três meses, seguido de uma dose de reforço. Lembrando que a vacina é a única forma de garantir a saúde e proteção desses animais contra a raiva”. Disse Antônio dos Anjos, coordenador responsável pelo setor.
“Toin”, como é conhecido o coordenador, enfatizou a importância de campanhas de vacinação e da boa cobertura vacinal, que em conjunto com as atividades de vigilância e educação em saúde, representam as armas sustentáveis para manter a raiva sob controle no município e na zona rural.
De acordo com ele, A meta é vacinar 90% dos animais, entre cães e gatos em toda a cidade.
CAMPANHA CONTRA A DOENÇA DE CHAGAS
A Secretaria de Saúde, por meio do Setor da Coordenadoria de Vigilância ambiental de Itacarambi iniciou na zona rural, o Programa de Controle da Doença de Chagas (PCDCH), do Ministério da Saúde.
O programa consiste na visita dos agentes de casa em casa, onde é feita uma vistoria geral nos imóveis rurais em busca do barbeiro transmissor da doença.
A equipe esteve na última semana na Comunidade do Brejo de Santana e vão permanecer por toda região, cinco equipes se dividiram e começaram o trabalho de campo.
Em uma das visitas de rotina, um agente encontrou num determinado imóvel uma colônia de barbeiros e imediatamente realizou todos os procedimentos, como captura, busca ativa, borrifação do imóvel e outros tantos pertinentes ao programa de controle do inseto.
O Coordenador Antônio Dos Anjos disse que este trabalho não vai parar, continuará em toda zona rural. Ele disse também da importância da participação da população em ajudar no combate ao besouro.
“Todos os moradores da zona rural podem contribuir para o controle do barbeiro em seu imóvel.  Basta seguir as orientações do Agente de Controle de Endemias e manter o imóvel organizado e livre desta ameaça. É importante ressaltar que além do agente de Saúde, todos podem procurar o setor de Vigilância ambiental.” Completou Toin.
Rildo Madureira - Vailton Ferreira/ AssCom Prefeitura de Itacarambi