Idoso é preso com cerca de 30 kg de maconha dentro de ônibus interestadual em São Francisco

Um idoso de 72 anos foi preso por tráfico de drogas durante uma operação das Polícias Civil e Militar em São Francisco, na madrugada desta segunda-feira (12). De acordo com as primeiras informações da polícia, o idoso já estava sendo monitorado pelos serviços de inteligência e foi abordado dentro de um ônibus interestadual com aproximadamente 30 quilos de maconha. A droga estava dentro de uma das malas de viagem dele.
"O idoso está envolvido com o tráfico há bastante tempo e, desde o início deste ano, as polícias fazem o monitoramento, inclusive, por meio de denúncias. Ele estava vindo de São Paulo e, certamente, os funcionários da linha não desconfiaram dele, até por ser idoso e viajar sozinho", explicou o Major Antônio Correa de Aguiar Neto.

O ônibus foi parado na MG-402, antes de chegar à rodoviária da cidade. O suspeito foi encaminhado à delegacia onde será ouvido. Os tabletes de maconha foram entregues para a Polícia Civil. "Agora, a PC vai dar continuidade as investigações; conhecer a origem e o destino da droga com os demais envolvidos", completou.
Jiboia de 10 quilos é capturada  em Montes 
 Jiboia pesa 10 quilos e foi capturado de dentro de um buraco feito pela chuva, em Montes Claros. (Foto: Mariana Xavier Dutra Giunco/Arquivo Pessoal)
Uma jiboia de aproximadamente 10 quilos foi capturada em um buraco formado pelas chuvas, no Bairro Industrial, em Montes Claros, nesse domingo (11). Um empresário vistoriava o terreno quando percebeu a presença da cobra e chamou dois amigos ambientalistas para fazerem a captura. A cobra mede 1,20 metro e foi solta nas proximidades do Parque da Lapa Grande, na Comunidade de Buriti do Campo Santo.
"Na parte da manhã, eu estava conferindo o levantamento topográfico do terreno e vi uma grota aberta por erosão da chuva. A jiboia estava lá no fundo. Chamei dois amigos e, na parte da tarde, voltamos ao local com equipamentos para tiramos a cobra do buraco. A captura foi bem tranquila; minha esposa e a filhinha do meu amigo acompanharam e registraram tudo. Esta espécie não oferece riscos para o ser humano", explicou o empresário Leonardo Giuncolo.
Para retirar a cobra do buraco, os amigos utilizaram uma corda, em prática de rapel com descida de 15 metros e o tempo de captura foi de 20 minutos. "Colocamos a corda ancorada a uma árvore e meu amigo ambientalista desceu até o fundo. Eu desci até a metade e fiquei no apoio para subir com a cobra, que foi colocada em um saco resistente. Ele capturou a jiboia com uma espécie de bastão de captura de répteis. Depois, içamos a cobra e vimos que ela estava sadia. Era uma espécie jovem e foi devolvida à natureza, em ambiente preservado", complementou.
A jiboia é uma espécie não venenosa e também não é agressiva. A cobra se alimenta de presas como pequenos mamíferos, aves e anfíbios.(G1 GRANDE MINAS)