Mulheres são presas após agredir e roubar idosa surda-muda em Varzelândia

Mulheres foram presas após o roubo (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Duas mulheres, de 29 e 34 anos, foram presas nessa sexta-feira (8) em Varzelândia suspeitas de roubar uma idosa surda-muda de 72 anos de idade. Segundo a Polícia Militar, o roubo ocorreu na casa da vítima, no Bairro Jardim São Luiz; a idosa foi agredida pelas autoras durante o crime.
Os policiais chegaram ao local após uma denúncia anônima. Localizada, a vítima mostrou aos militares por meio de gestos como o crime ocorreu. Uma tradutora de libras foi acionada pelos policiais para ajudar na comunicação com a idosa, que explicou que deixou o portão da residência aberto e foi surpreendida pelas duas mulheres, que a espancaram. As autoras teriam agarrado a idosa pelos cabelos e a arrastado para o quarto dos fundos da casa, onde reviraram objetos em busca de dinheiro e outros pertences de valor.
Para que a idosa mostrasse onde estava o dinheiro, elas a agrediram com socos, chutes e tapas, o que deixou a vítima com um hematoma no olho esquerdo e luxações no rosto, braços e nariz. As mulheres roubaram bijuterias, roupas, uma bolsa, sapatos e certa quantidade em dinheiro, possivelmente proveniente do benefício de pensão de aposentadoria da idosa.
Logo após ouvir os detalhes da ocorrência, a polícia fez rastreamento e localizou as mulheres em dois bairros da cidade; elas foram reconhecidas pela vítima e confessaram o crime. Elas foram presas e encaminhadas para a delegacia de plantão em Januária. Parte dos objetos e dinheiro roubados foram recuperados.
A idosa recebeu cuidados médicos no hospital de Varzelândia e passa bem
G1 GRANDE MINAS.

Comentários