Prédio do CAIC de Itacarambi é interditado e corre risco de desabamento, alunos e professores são remanejados para outras escolas.

O 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Januária ao realizar vistoria na Escola Municipal Adélia Antônia de Almeida Seixas, onde está locada   no prédio do CAIC, o municipio resolveu interditar por decreto, o local por completo, porque se encontra completamente deteriorado, colocando em risco a vida de estudantes, professores, diretores e funcionários em geral.
Apesar de o prédio existir quase 30 anos, vem demonstrando um perigo iminente para todos.
O laudo dos bombeiros identificou as situações de riscos iminentes, e o corpo de bombeiros solicitou o laudo dos engenheiro civil com urgência, e também da defesa civil para que se fizesse a interdição do prédio.
O diretor da instituição de ensino, professor Marinaldo, no início do ano, cobrou uma posição da Secretaria para com a escola. Em um documento enviado a Secretária Zilene Seixas, informou à autoridade competente o risco iminente de uma tragédia de grandes proporções. Pedindo ao setor de engenharia da prefeitura, uma vistoria geral no prédio, porque as paredes e pilastras estavam com rachaduras, e finalmente, os engenheiros constataram que as instalações da edificação não poderiam permanecer em funcionamento.
A Secretária Zilene Seixas, informou de imediato a situação para a Prefeita Nívea Maria, que prontamente resolveu levar a situação ao Corpo de Bombeiros, para que os mesmos viessem fazer uma vistoria no prédio.
Na escola funcionam séries de ensino fundamental, e EJA, atendendo inclusive a jovens e adultos nos turnos noturnos. O prédio possui várias salas de aulas, incluindo a direção, secretaria, professores e supervisão, mas foi interditada pelo corpo de bombeiro por causa das condições precárias da caixa d´água e outras instalações, que não oferecem, segundo o corpo de bombeiro, o mínimo de segurança para os profissionais que ali trabalham e os alunos. A situação é calamitosa na unidade de ensino.

SECRETARIA REMANEJA ALUNOS PARA OUTRAS ESCOLAS

A Prefeitura de Itacarambi, através da Secretaria Municipal de Educação, ao receberem o Laudo Pericial do Corpo de Bombeiros, convocaram todos os profissionais e os Pais dos alunos para uma reunião. Às 17h00min horas a secretária Zilene e a prefeita Dra. Nívea Maria, se reuniram com os servidores da escola para informar que o prédio do CAIC foi interditado pelo Corpo de Bombeiros, devido problemas nas instalações do prédio. Onde o mesmo sofreria intervenção.
A secretária Zilene abriu a reunião falando sobre a questão da intervenção, porque não poderia ficar mais em funcionamento e que teria que remanejar os professores e alunos para outras escolas. Diante de toda argumentação, chegou-se num acordo, vários professores foram remanejados para as escolas, Noeme Sales Nascimento e Carmem Maria.
Os 342 alunos foram remanejados para essas escolas. O EJA também teve que ser remanejados para a Escola Carmem Maria, no período noturno.
A prefeita Nívea Maria, falou no seu pronunciamento, ‘’que hoje será a melhor noite de sono nos últimos meses, porque eu não estava dormindo em paz. Uma médica que estuda para salvar vidas se depara com uma situação, em que muitas crianças e profissionais estão correndo risco de vida. Então realmente agente teve que tomar esta decisão’’.
Disse ainda, que momento algum eu voltei atrás, Zilene  e todos os assessores e todas as secretarias e todos da administração foram unânime. Primeiro a vida!   O exemplo que aconteceu numa escola de Janaúba. ‘’Eu não quero que isso venha acontecer aqui em Itacarambi, nós traçamos na melhor forma possível. Disse que os alunos da CEIM Sossego da Mamãe que serão bem atendidos, e serão remanejados para o Prédio do Almica, onde a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social cedeu para a Educação. Finalizou dizendo que esse problema não de agora, isso já vinha acontecendo, só que muitas pessoas cruzavam os braços, e deixei na expectativa pública que não vai acontecer, esperando a sorte, eu não vou com a sorte, porque vida é tudo e a vida de vocês está em primeiro lugar. Já pedir ao Ministério da Educação para realizar uma Audiência Pública, juntamente com os Deputados, para tentar melhorar para o ano que vem, correndo atrás de recursos. Este “foi o momento o que podemos fazer por vocês”. Disse a prefeita. 
Em 2013 a Escola Adélia Seixas, tinha matriculado 834 alunos, em 2016 baixou para 556, a escola perdeu cerca de 80 alunos por ano, tendo uma diminuição gradativa, no final deste ano de 2018 tem matriculado 342 alunos. Devido os problemas causados na estrutura do prédio do CAIC, os alunos, não estarão mais estudando no prédio a partir desta sexta-feira, 09 de novembro. Informou a secretária Zilene.
Na reunião com os Pais dos alunos, todos aceitaram a intervenção do prédio, sabendo que é uma forma melhor para evitar uma tragédia iminente.

O que é o Caic ?

A criação e operacionalização dos CAIC compreendem responsabilidadesː federal, que é a construção das estruturas físicas das unidades; estadual, que se limita à coordenação dos serviços de construção das unidades; e municipal, que engloba a cessão do terreno para a construção e o encargo de execução dos serviços de funcionamento do CAIC. Também pode haver a participação de outras entidades públicas, como universidades. O CAIC ainda pode ser operacionalizado por entidades privadas, desde que de natureza jurídica sem fins lucrativos
A tipologia construtiva dos CAICs deriva dos modelos de escolas transitórias criados por Lelé em Abadiânia-GO em 1983-84 e aplicados no Rio de Janeiro na primeira gestão de Leonel Brizola (1984-85) e em Salvador, na segunda gestão do prefeito Mário Kertész (1986-88). Resultam ainda da concepção espacial desenvolvida por Oscar Niemeyer e Darcy Ribeiro, aplicadas anteriormente no projeto dos CIEPs no Rio de Janeiro.( .wikipedia.org)
Por Vailton Ferreira




































Comentários